21 julho 2010

As "faces de Jesus"

Neste artigo, na Obvious, é apresentado alguns casos da visualização das "faces de Jesus" em vários objectos. Não cobrindo a totalidade das visualizações, há algo sobre este tema (a visualização das faces e formas de Jesus) que interrogo: não havendo uma representação fiel da sua forma física nos escritos antigos, como é que sabem verdadeiramente quais as diversas "faces de Jesus"? As representações mais antigas representam-o desde um velho mago até um pastor impúbere. Com saberão, estes visionários, quais são as formas de Jesus. Certamente, naquelas mentes, estarão "alocadas" várias imagens que durante séculos se associaram à forma de Jesus e a sua visualização será apenas um reflexo daquilo que o seu consciente associa a Jesus.

No entanto, os ditames da religião monoteísta que adorna a bíblia são claros quanto à fabricação da representação do divino. Para reflexão, deixo aqui o segundo mandamento, e penso que é claro no que toca às "faces de Jesus":

“Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos”

Provavelmente, os visionários lá estarão a quebrar um dos mandamentos daquilo que é a "constituição" da religião cristã. Mas vá lá, de incongruências e paradoxos está a bíblia cheia.

1 comentário:

  1. Um bocadinho de humor ateu: http://www.youtube.com/watch?v=LpS5KRLGSmg

    ResponderEliminar